Eleições Destaques

Urnas passam por teste de integridade no Brasil; processo é transmitido ao vivo sem interrupções no DF

Representantes das Forças Armadas, polícias, Ministério Público Eleitoral e entidades fiscalizadoras participaram no sábado (1º) da audiência pública que sorteou as urnas eletrônicas que serão auditadas pelos testes de integridade, após o encerramento das eleições. O sorteio de urnas para fiscalização é feito em todos os tribunais regionais eleitorais do país

Vinte urnas passarão pelos testes na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) e na Escola Canadense neste domingo (2), primeiro turno das eleições. O teste é realizado desde 2002 e, em 2022, também será feito com eleitores que cadastraram a biometria.

O sorteio de urnas para fiscalização é feito em todos os tribunais regionais eleitorais do país. Depois das chegada das urnas à Câmara no final da tarde de sábado, o ambiente foi lacrado e ninguém mais pôde ter acesso.

As urnas foram reabertas às 6:30am deste domingo. Todo o processo foi gravado sem interrupções e transmitido ao vivo pelo canal do TRE-DF no YouTube e acompanhado pela TV Câmara Distrital.

Como é feito o teste?
O procedimento consiste em uma votação pública, aberta e auditada, em uma urna eletrônica usada nas eleições. Ao mesmo tempo, também são utilizados votos em cédula de papel que são depositados em uma urna de lona. No fim, o resultado da urna eletrônica é comparado com o da urna que recebeu votos em papel.

As cédulas de papel foram preenchidas previamente por partidos políticos e algumas faculdades, a pedido do TRE-DF, com números reais dos candidatos para utilização no Teste de Integridade. As cédulas estão lacradas em urnas de lona.

Sobre autor

Nossa Radio USA - News

Nossa Radio USA - News

Add Comentário

Click here to post a comment