América Notícias

Site do ICE divulga acidentalmente nomes e dados pessoais de requerentes de asilo

O ICE (Immigration and Customs Enforcement) emitiu uma nota admitindo que divulgou acidentalmente em seu website informações sigilosas sobre mais de 6 mil estrangeiros que estão em sua custódia e que buscam asilo nos Estados Unidos. O vazamento aconteceu na segunda-feira (28) e contém nomes, datas de nascimento, nacionalidade e local de detenção dos imigrantes.

“Ao fazer atualizações de rotina, um documento foi erroneamente postado em ICE.gov por aproximadamente cinco horas, incluindo nomes e outros dados pessoais de identidade, juntamente com infomações imigratórias, de cerca de 6 mil não-cidadãos em custódia do ICE”, disse um porta-voz da agência repressora de imigração ilegal. “Ao tomar conhecimento do caso, o U.S. Immigration agiu imediatamente para corrigir o erro.”

“Embora não intencional, o vazamento é uma falha e agência está investigando o incidente e tomando as devidas providências. O ICE está notificando os não-cidadãos impactados pela divulgação”, diz ainda a nota do ICE.

O problema foi inicialmente notado por um grupo pró-imigrante, a Human Rights First, que avisou à agência que uma tabela contendo nomes e números de registro (números-A) estava disponível na página onde o ICE regularmente publica estatísticas de detenções. A agência então deletou a informação.

O incidente está sendo investigado pelo Office of Professional Responsibility e o Office of the Chief Information Officer (CIO) da agência. Parte da investigação visa localizar os IPs (endereços de internet) que acessaram a página com o vazamento durante as cinco horas em que ela ficou disponível. Uma carta será enviada pelo ICE aos endereçoes de IP identificados, solicitando que o documento offline seja deletado e que não seja divulgada nenhuma informação relevante.

O jornal The Los Angeles Times comentou que a divulgação desses dados (sujeitos por lei à confidencialidade a não ser que sejam liberados por uma autoridade superior do USCIS) pode gerar retaliação de pessoas, gangues ou governos citados pelos imigrantes em busca de asilo. Entre os imigrantes com dados vazados estão cidadãos de Irã, Rússia e China.

O ICE vem orientando os imigrantes afetados e seus advogados no sentido de analisar se o incidente vai influenciar ou não o andamento dos seus processos.

 

Sobre autor

Nossa Radio USA - News

Nossa Radio USA - News

Add Comentário

Click here to post a comment

EnglishPortuguese