Massachusetts Destaques

Nova chefe do Fed de Boston será a 1ª mulher negra na cúpula do banco central dos EUA

O Federal Reserve (Fed) de Boston, unidade regional do equivalente ao banco central dos EUA, nomeou nesta semana a reitora da Universidade de Michigan, Susan Collins, como sua próxima chefe.

Ela vai se tornar a primeira mulher negra a liderar um Fed regional, introduzindo maior diversidade à liderança da autoridade monetária americana.

Doutora em Economia e acadêmica respeitada, Collins assumirá o cargo em 1º de julho, afirmou o Fed de Boston em um comunicado. Até lá, é provável que o Fed já tenha começado a estreitar sua política monetária para combater a inflação nos EUA, elevando taxas de juros.

A economista preenche a vaga deixada pelo antigo presidente do Fed de Boston, Eric Rosengren, que renunciou no ano passado em meio a uma investigação ética. Ele foi flagrado fazendo investimentos no mercado, algo incompatível com o cargo.

Collins é uma acadêmica, professora de Políticas Públicas e Economia, sendo doutora nesta última disciplina. Sua pesquisa acadêmica se concentra em mercados emergentes, taxas de câmbio e comércio.

Ela lecionou nas prestigiadas universidades Harvard e Georgetown. Foi também pesquisadora visitante no Fundo Monetário Internacional. 

Ela já foi diretora do Fed de Chicago por nove anos e também atuou como economista sênior da equipe de conselheiros econômicos do governo de George W. Bush. Ela é conhecida entre os formuladores de políticas monetárias.

Frequentemente modera painéis no simpósio anual Jackson Hole, uma conferência internacional dos mais importantes dirigentes de bancos centrais, que o Fed realiza em Kansas City. 

O Fed de Boston é um dos 12 bancos regionais do Fed, cujos presidentes, juntamente com os membros do Conselho da instituição sediado em Washington, definem a política monetária dos EUA. Três outros presidentes de regionais do Fed são mulheres, e dois são homens não brancos.

O Conselho do Fed é todo branco, embora o presidente dos EUA, Joe Biden, tenha nomeado este ano dois novos integrantes negros e as quatro primeiras mulheres para o colegiado. Mas eles ainda precisam ser confirmados pelo Senado americano para assumirem os postos. A sessão deve ser realizada na semana que vem. 

Sobre autor

Avatar

Nossa Radio USA - News

Add Comentário

Click here to post a comment