Imigração

Morador do Texas é indiciado por contrabando de droga do Brasil

Mario Alberto Molina, 25 anos, morador de McAllen, no Texas, foi indiciado por importar do Brasil 4,5 quilos de dimetiltriptamina (DMT), uma poderosa droga psicodélica e alucinógena.

Molina foi acusado de quatro crimes – conspiração para distribuir substância controlada; importar substância controlada; distribuição de substância controlada e tráfico de drogas.

Documentos da acusação federal dizem que um pacote despachado do Brasil e destinado a Mario Alberto Molina, foi inspecionado em Miami no dia 7 de abril, e na embalagem constava que era corante natural que teoricamente serviria para tingimento de tecidos. 

O US Homeland Security Investigations (HSI) montou uma operação e entregou o pacote contendo os 4,5 quilos de DMT no endereço de Molina e em seguida com um mandado de busca deteve o homem em sua casa.

O DMT é uma droga alucinógena que tem o mesmo efeito de outras drogas psicodélicas, fazendo parte da Lista I, já que é uma substância controlada.     

Caso seja condenado pela Justiça, Mario Alberto Molina, pode pegar até 20 anos de prisão e ser multado em US$ 1 milhão, além de cumprir sua pena em um presídio federal.

Sobre autor

Avatar

Nossa Radio USA - News

Add Comentário

Click here to post a comment