Flórida América Destaques

Menina perde perna em ataque de tubarão em praia da Flórida

O ataque aconteceu em Keaton Beach, no noroeste da Flórida, próximo de Tallahassee . De acordo com o xerife do condado de Taylor, Wayne Padgett, a menina estava mergulhando aproximadamente 1,5 metro de profundidade perto de Grassy Island, quando foi mordida pelo tubarão.

Um dos membros da família da menina teria saltado na água e conseguiu afastar o tubarão. A menina foi levada para o Tallahassee Memorial HealthCare e para salvar a vida dela, os médicos precisaram amputar uma das pernas da garota.

As autoridades não souberam dizer que tipo de tubarão atacou a menina, mas testemunhas disseram que ele tinha aproximadamente três metros de comprimento. A Flórida responde por quase 40% das mordidas não provocadas de tubarão em todo o mundo. A identidade e a idade dela não foram reveladas pelas autoridades.

Keaton Beach

O xerife Wayne Padgett cita algumas regras básicas para os banhistas ficarem sempre alertas com os ataques de tubarões: “nunca nade sozinho, não entre na água perto de pescadores, evite áreas como bancos de areia (onde os tubarões gostam de se reunir), não nade perto de grandes cardumes de peixes e evite movimentos rápidos enquanto estiver na água.”

Os ataques de tubarão aumentaram em todo o mundo em 2021, após três anos consecutivos de declínio, de acordo com um estudo realizado pelo Departamento de Pesca e Agricultura dos EUA. A Flórida liderou o número de ataques nos EUA e no resto do mundo em mordidas de tubarão não provocadas por décadas. A tendência continuou em 2021 com 28 mordidas  não provocadas na Flórida contra 19 no resto dos EUA e 26 no restante do planeta. Os 28 casos da Flórida representaram 60% do total dos EUA e 38% das mordidas não provocadas em todo o mundo.

About the author

Avatar

Nossa Radio USA - News

Add Comment

Click here to post a comment