Flórida Destaques

Flórida ocupa primeiro lugar no ranking de liberdade econômica, diz CATO

A Flórida, mais uma vez, foi classificada como o estado número um dos Estados Unidos em termos de liberdade econômica pelo Instituto CATO.

Nos últimos anos, a Flórida classificou-se consistentemente no primeiro lugar na categoria de liberdade econômica do CATO’s Freedom in the 50 States, um índice de liberdade pessoal e econômica.

um dos pontos cruciais é a Flórida não ter um imposto de renda individual estadual, afirmou a análise do ranking do CATO. “A arrecadação de impostos estaduais da Flórida está mais de 1,5 desvio padrão abaixo da média nacional, enquanto suas arrecadações de impostos locais estão um pouco abaixo da média”, disse o instituto.

“A descentralização fiscal da Flórida não oferece muitas opções para os proprietários de imóveis, no entanto, porque o estado tem apenas cerca de metade de uma jurisdição concorrente efetiva por 100 milhas quadradas. O consumo e a dívida do governo estão abaixo da média.”

A Flórida também conquistou o primeiro lugar para a política fiscal, que inclui categorias como impostos, emprego no governo, dívida, gastos e descentralização fiscal. Em termos de classificação geral de liberdade, uma combinação de liberdades pessoais e econômicas, a Flórida ficou em segundo lugar. O primeiro lugar em termos de liberdade geral foi ocupado por New Hampshire.

A Flórida manteve suas altas classificações apesar da pandemia do COVID-19, da inflação crescente e dos preços crescentes do gás. Em julho, a taxa de desemprego do estado havia atingido 2,7%, a menor desde o início da pandemia de COVID-19 em fevereiro de 2020, e 0,8% menor que a taxa nacional de desemprego.

O novo ranking segue o governador republicano da Flórida, Ron DeSantis, alertando recentemente sobre o IRS contratar 87.000 novos agentes após a Lei de Redução da Inflação aprovada pelos democratas, que ele afirma que será usada para atingir cidadãos americanos de classe média.

A Flórida também está no topo em termos de pequenas empresas recém-inauguradas em 2021, um dos principais contribuintes para o desempenho econômico do estado.

De acordo com dados do U.S. Census Bureau, a Flórida recebeu 632.105 solicitações de negócios em 2021, um aumento de 27% em relação ao ano anterior. Isso é mais do que o dobro dos 309.170 pedidos de Nova York e superior aos 518.001 pedidos da Califórnia.

Enquanto Nova York e Califórnia implementaram bloqueios e políticas restritivas em meio à pandemia do COVID-19, a Flórida evitou principalmente essas medidas.

Os estados vermelhos como a Flórida têm tido um desempenho melhor do que os estados azuis economicamente. Uma análise da Moody’s Analytics mostrou que a maioria dos estados que tiveram um bom desempenho econômico após a pandemia de COVID-19 foram governados por republicanos. Em contraste, oito dos dez estados com pior desempenho eram governados por democratas. Fonte: The Epoch Times.

Sobre autor

Nossa Radio USA - News

Nossa Radio USA - News

Add Comentário

Click here to post a comment