Flórida América Destaques

Família de mulher morta em parapente no sul da Flórida processa empresa responsável pelo passeio

A família de Supraja Alaparthi, 33 anos, que morava em Illinois e que morreu enquanto fazia um passeio de parapente na Flórida Keys no mês passado, entrou com uma ação na justiça por negligência e danos pessoais contra a empresa de barcos responsável pelo passeio.

Supraja estava no parapente com o filho de 10 anos e o sobrinho de 9, que ficou gravemente ferido. O filho dela sofreu ferimentos leves. O acidente aconteceu no dia 30 de maio, quando o capitão do barco soltou o parapente por causa de uma tempestade que se aproximou rapidamente de Marathon, na Florida Keys.

Onze membros da família dela, incluindo a filha de Supraja, de 6 anos, estavam no barco naquela tarde. Logo após o parapente levantar voo, o capitão começou a perder o controle do barco, até soltar o parapente que bateu com uma ponte. Um homem que viu o acidente e estava em um barco próximo resgatou as 3 pessoas. Supraja Alaparthi não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Os meninos foram levados para um hospital próximo.

Embora seu filho de Supraja não tenha ficado gravemente ferido, ele permanece até hoje em estado de choque e, segundo a família, provavelmente sofrerá de transtorno de estresse pós-traumático. O sobrinho da mulher ficou internado durante uma semana no Nicklaus Children’s Hospital com ferimentos nos olhos, rosto e outras partes do corpo. Ele voltou para Illinois, mas deve precisar passar por algumas cirurgias.

O processo contra a empresa alega que o capitão do barco não foi treinado adequadamente e o ajudante dele, não equipou o barco com equipamentos de segurança e parapente adequados, além de ter navegado em condições climáticas inseguras. A empresa não comentou sobre a ação na justiça.

About the author

Avatar

Nossa Radio USA - News

Add Comment

Click here to post a comment