Esportes

Dia de ”fúria”; Espanha dá aula e estreia na Copa com goleada por 7 a 0 sobre Costa Rica

A Espanha desfilou ao estilo tiki-taka. Com valorização da posse de bola, troca de passes e contundência, a Fúria deu aula na estreia na Copa do Mundo do Catar. Aplicou 7 a 0 na Costa Rica, no estádio Al Thumama, pelo Grupo E – e poderia ter feito mais. Dani Olmo, Asensio, Ferrán Torres (2), Gavi, Soler e Morata marcaram os gols no “cartão de visitas” dos campeões de 2010.

A Espanha se impôs. Ditou o ritmo, um domínio completo em todo o campo, ao estilo tiki-taka de troca de passes. Depois de desperdiçar duas oportunidades, a seleção abriu o placar aos 10 minutos. Dani Olmo dominou na área e tocou na saída do goleiro: 1 a 0.

Bem à vontade, os espanhóis ampliaram com Asensio, aos 20 minutos. E precisou de mais 10 minutos para chegar ao terceiro, com Ferrán Torres, de pênalti. Nos minutos finais, a Fúria teve mais chances, mas não aproveitou.

A Espanha manteve o controle da partida, com posse de bola, troca de passes, contundência e marcação forte para recuperar a bola. Em poucos minutos, levou perigo com Asensio. Aos oito minutos, Ferrán Torres fez o quarto da equipe e o segundo dele: 4 a 0. A Costa Rica praticamente não ameaçou. A seleção teve pouca posse de bola e não conseguiu ganhar terreno em campo. Enquanto isso, a Espanha chegava ao quinto gol, com Gavi. No finalzinho, foi em ritmo de treino para passar o tempo. Ainda assim, Soler fez o sexto gol e Morata fechou o “baile” por 7 a 0.

Goleada sobre a Costa Rica é chamada de “histórica” na imprensa da Espanha; alemães pedem ajuda. “Tiki-taka está de volta” e “exibição histórica” foram algumas das manchetes dos jornais espanhois.

Sobre autor

Nossa Radio USA - News

Nossa Radio USA - News

Add Comentário

Click here to post a comment