Destaques Esportes

Curry com pimenta; jogador anota 43 e empata a série em 2×2

O maior arremessador de todos os tempos está entre nós, e as memórias da dinastia também. Numa das maiores exibições da lendária carreira, Stephen Curry anotou 43 pontos e 10 rebotes, e liderou o Golden State Warriors a uma vitória épica por 107 a 97 sobre os Celtics, na noite desta sexta-feira, em Boston. As finais da NBA estão empatadas em 2 a 2, e os Warriors têm a vantagem do mando de quadra de volta.

No primeiro jogo da série equilibrado até a reta final, Golden State selou o resultado com uma sequência de 17 pontos a 3 nos cinco últimos minutos. Destes, 10 foram de Curry.

Klay Thompson colaborou com 18 pontos no duelo e declarou, na entrevista coletiva, que esta provavelmente foi a maior apresentação da carreira de Curry num jogo das finais. No número de pontos, só o jogo 3 contra o Toronto Raptors, em 2019, superou (47).

Andrew Wiggins fez 17 pontos e ainda garantiu 16 rebotes – um recorde na carreira (temporada regular ou playoffs). Jordan Poole anotou outros 14 pontos. Draymond Green foi mal no primeiro tempo, mas melhorou no decorrer do jogo e terminou com 9 rebotes, 8 assistências e 4 roubos. Só acertou uma de 7 tentativas de quadra, para 2 pontos.

Os Warriors responderam à altura o jogo físico de Boston e tiveram mais volume de arremessos desde o início. Os Celtics começaram melhores em termos de aproveitamento, especialmente do perímetro, e nenhum dos times abriu mais de sete pontos de diferença no primeiro tempo.

Na segunda etapa, porém, as bolas começaram a cair e Golden State deslanchou. Como de costume, venceu o terceiro período (30 a 24). Desta vez, manteve o ritmo na última parcial (28 a 19), com excelente desempenho defensivo. Foi o mesmo cenário do jogo 2 e o inverso dos jogos 1 e 3.

Do lado dos Celtics, Jayson Tatum anotou 23 pontos e 11 rebotes. Jaylen Brown fez 21 pontos. Marcus Smart colaborou com 18, e Derrick White com 16. O time foi superado dentro do garrafão (38 a 32), nos rebotes ofensivos (16 a 11) e nos pontos de segundas chances (19 a 12), os grandes diferenciais do jogo 3.

Já são 27 séries seguidas com, ao menos, uma vitória fora de casa dos Warriors. A escrita remonta a 2013, quando Curry, Thompson e Green começaram a atuar juntos. Os Warriors não perdem dois jogos seguidos desde março, mas os Celtics podem dizer o mesmo. A próxima batalha acontece em San Francisco, na segunda-feira, às 22h, para a alegria dos amantes do basquete.

About the author

Avatar

Nossa Radio USA - News

Add Comment

Click here to post a comment