Flórida América Destaques

Camiseta atrasa escolha de jurados que vão determinar sentença do atirador de Parkland

Tem sido uma tarefa demorada e difícil escolher os jurados para o julgamento que vai sentenciar Nikolas Cruz, o homem que matou 17 pessoas e feriu outras 17, no Marjory Stoneman Douglas High School de Parkland, em 2018. Nesta segunda-feira, 23, um dos possívels jurados acabou desqualificado, porque usava uma camiseta em homenagem às vítimas do massacre. O resultado foi a dispensa de todo o grupo de 10 pessoas que poderiam ser escolhidos como jurados.

Camiseta em homenagem às vítimas do massacre de Parkland

A mulher, uma professora de ensino médio de 58 anos, estava vestindo uma camiseta nas cores bordô e prata da Marjory Stoneman Douglas High School de Parkland que dizia “Professor Forte”. Abaixo disso, havia duas hashtags com nomes comuns em camisetas e adesivos em todo o sul da Flórida: #msdstrong e #NeverAgain.

A mulher foi levada ao tribunal separadamente dos outros nove jurados em potencial porque havia escrito em seu questionário que tinha uma condição médica que a impediria de ficar sentada por longos períodos de tempo.

Depois que isso foi discutido, a defensora pública de Nikolas Cruz, perguntou à mulher sobre a camiseta que ela usava se ela teria tido contato com os outros jurados. Ela disse que não falou com ninguém. A defensora então pediu à juíza Elizabeth Scherer que todo o grupo deveria ser dispensado porque a camisa possivelmente poderia ter uma influência sobre o júri e a sentença. Os promotores concordaram.

Juíza Elizabeth Scherer

A seleção do júri, que começou há sete semanas, estava originalmente programada para ser concluída na próxima semana, mas agora não será feita até o final de junho.

Esses possíveis  jurados estão sendo separados em grupos de 10 e estão sendo questionados sobre pena de morte e se podem deixar de lado qualquer conhecimento que tenham sobre o tiroteio e serem justos. Para passar, eles devem dizer que poderiam considerar as duas alternativas – morte ou prisão perpétua.

Incluindo o grupo ontem, 26 dos 80 jurados em potencial que passaram pela segunda triagem foram aprovados. A justiça espera ter 150 ainda elegíveis para a terceira fase, onde serão feitas mais perguntas e depois reduzidos a 12 jurados e oito suplentes. Qualquer um dos lados pode tentar convencer a juíza Elizabeth Scherer a dispensar um jurado. Promotoria e defesa também terão pelo menos 10 contestações peremptórias, permitindo-lhes dispensar um jurado por qualquer causa, exceto raça ou gênero.

Nikolas Cruz, 23 anos, se declarou culpado em outubro de assassinar 17 pessoas e ferir outras 17. O julgamento decidirá se ele será condenado à morte ou à prisão perpétua sem liberdade condicional.

Sobre autor

Avatar

Nossa Radio USA - News

Add Comentário

Click here to post a comment