América Destaques

Biden vê acordo sobre ‘questões substantivas’ na Cúpula das Américas

O presidente dos EUA, Joe Biden, insistiu nesta quinta-feira que há unidade na Cúpula das Américas, depois que os líderes da Argentina e Belize o criticaram abertamente por excluir do encontro regional três líderes de esquerda.

“Apesar de algumas divergências relacionadas à participação, em questões substantivas, o que ouvi foi quase unidade e uniformidade”, disse Biden.

O presidente americano disse que viu “uma concordância quase total” em questões como gerenciamento de migração e combate às mudanças climáticas, e pediu mais discussões sobre os detalhes antes do encerramento da Cúpula, na sexta-feira.

Biden se recusou a convidar os líderes esquerdistas de Cuba, Nicarágua e Venezuela, descrevendo-os como autocratas não bem-vindos em uma cúpula dedicada à democracia.

O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, recusou-se a comparecer em protesto à exclusão dos outros países latino-americanos. E o presidente da Argentina, Alberto Fernández, que foi persuadido a comparecer após um telefonema de Biden, criticou a decisão na frente do presidente dos EUA na cúpula em Los Angeles.

Sobre autor

Avatar

Nossa Radio USA - News

Add Comentário

Click here to post a comment