Internacionais

Atropela homem para tentar salvar mulher que estava a ser esfaqueada

Um homem de 26 anos foi detido, na segunda-feira, por suspeitas de homicídio após alegadamente ter atropelado um outro homem que havia esfaqueado uma mulher na via pública. O incidente ocorreu pelas 9h de ontem, em Maida Vale, Londres.

Segundo uma testemunha, citada pela Sky News, o homem começou a atacar uma mulher e os confrontos arrastaram-se para a estrada, onde ambos foram atropelados. As pessoas no local ainda tentaram intervir, mas a mulher, de 43 anos, acabou por morrer devido aos ferimentos causados pelo agressor. 

Já ao Independent, outra testemunha revelou que a mulher foi “esfaqueada cerca de 10 vezes”. “Ouvi alguém a gritar por ajuda. Saí de casa e vejo uma mulher no chão e um homem com uma faca. Vi-o a esfaqueá-la três ou quatro vezes com a faca no pescoço. Abordei-o e ele ameaçou-me com a faca”, contou.

O agressor terá continuado a esfaquear a vítima “mais duas ou três vezes” até um “homem num carro azul o tentou parar ao atropelá-lo”. “O ‘tipo’ com a faca morreu. O condutor tentou salvar a rapariga”, acrescentou. 

Segundo as autoridades, a mulher conhecia o agressor. Sobre o condutor do carro, que atropelou fatalmente o agressor, a Polícia Metropolitana de Londres revelou que não há nada que o ligue às pessoas que morreram no local.

“Este foi um incidente terrível que aconteceu em plena luz do dia numa movimentada rua de Londres. Parece também que várias pessoas tentaram de forma corajosa intervir para impedir o ataque. Um homem foi preso em relação ao caso; não temos conhecimento de quaisquer ligações entre este homem e os dois mortos. Também posso confirmar que não estamos à procura de mais ninguém ligado a este incidente”, afirmou o detetive  Jim Eastwood.

Leia Também: Reino Unido. Inquérito a alegações de deputada demitida por ser muçulmana

Notícias ao Minuto – Mundo Read More

Sobre autor

Avatar

Add Comentário

Click here to post a comment