Flórida

Amigos de garçom assassinado em Fort Lauderdale, se reúnem em vigília para lembrar dele e pedir justiça

Uma vigília em memória de Jordan Siddiq, de 35 anos, garçon de um restaurante de Fort Lauderdale, foi realizada quarta-feira, 16, no Shooters Waterfront, na Intracoastal Waterway de Fort Lauderdale. O local é o mesmo, onde ele foi morto a tiros, esta semana, supostamente por um ex-colega de trabalho.

De acordo com a polícia, na terça-feira, pouco depois das 4pm, Angel Candelaria, de 33 anos, que trabalhava no restaurante há quase dois anos, apareceu no local e discutiu com Jordan, e depois atirou nele. A cena do assassinato teria sido gravada pela câmera de vigilância do restaurante. As investigações apontam um crime passional, motivado por ciúmes, já que amigos da Jordan Siddiq disseram que ele estava saindo com a ex-namorada de acusado e ele não aceitava o fim do relacionamento.

A vítima ainda foi levada para o Broward Health Medical Center, mas não resistiu aos ferimentos. A polícia prendeu Angel Candelaria logo depois do crime. Ela participou já participou de uma audiência de custódia ontem e a justiça não ordenou uma avaliação psicológica e não concedeu liberdade sob fiança.

Sobre autor

Avatar

Nossa Radio USA - News

Add Comentário

Click here to post a comment