Massachusetts Destaques

Americana é presa por fazer falsa ameaça de bomba contra o Children’s Hospital

17hospital - Entrance to Boston Children’s Hospital. (Boston Children’s Hospital)

Catherine Leavy, de 37 anos, foi presa na quinta-feira (15)  acusada de ter feito ameaça de bomba contra o Children’s Hospital de Boston no dia 30 de agosto, de acordo com a procurador federal Rachel Rollins. Documentos oficiais comprovam que a mulher ligou para o hospital e disse: “Existe uma bomba indo para o hospital, é melhor evacuar todo mundo, seus doentes”.

Após o Children’s Hospital passar horas fechado, na noite de 30 de agosto, e muitos pais de pacientes serem impedidos de ver seus filhos pacientes, nenhuma bomba foi encontrada.

A ligação com ameaça partiu do telefone de Catherine, que foi apreendido. A americana foi presa na sua casa sem resistir. E segundo a imprensa ela já tinha admitido a pessoas próximas que foi ela quem fez a ligação ameaçadora. Na sua audiência na Corte na última quinta, Catherine Leavy foi acusada por fazer ligação com ameaça falsa, o que é crime federal.

O Children’s Hospital começou a receber ameaças em agosto depois que publicou em seu website um programa que descrevia cirurgias para troca de sexo em jovens e crianças. Desde então, a publicação foi tirada do ar. O hospital esclareceu que “nenhum serviço é oferecido para pessoas abaixo de 18 anos” e que “antes passam por extensa avaliação médica e mental”.

No tribunal, Catherine Leavy foi ordenada a permanecer presa até o julgamento. O crime de ameaça falsa tem punição prevista de até cinco anos de cadeia.

Sobre autor

Nossa Radio USA - News

Nossa Radio USA - News

Add Comentário

Click here to post a comment