Notícias

Afegão que colocou bombas em Nova York em 2016 é condenado à prisão perpétua.

Publicado: fevereiro, 2018

Afegão que colocou bombas em Nova York em 2016 é condenado à prisão perpétua.

O afegão naturalizado americano Ahmad Khan Rahimi foi condenado nesta terça-feira (13) a cumprir prisão perpétua por ter colocado várias bombas em 2016 no bairro nova-iorquino de Chelsea.

Um júri de um tribunal federal em Nova York o considerou culpado em outubro de 2017 de oito acusações que incluíam o uso de armas de destruição em massa e colocar bombas em lugares públicos, após um processo judicial que se estendeu durante duas semanas.

Rahimi, de 30 anos, era acusado de colocar duas bombas no bairro de Chelsea no dia 17 de setembro de 2016. Uma delas deixou cerca de 30 pessoas feridas, mas a outra foi localizada antes de detonar.

Nesse dia, Rahimi colocou outra bomba caseira na cidade de Seaside Park (New Jersey) que não deixou feridos nem danos materiais, e em 18 de setembro deixou cinco artefatos em uma estação de trem de Elizabeth, no mesmo estado. Um deles explodiu enquanto um robô da polícia o desativava.

Rahimi foi detido no dia 19 de setembro de 2016 em Nova Jersey após uma troca de tiros com vários agentes da polícia na qual ficou ferido, e ainda enfrenta as acusações feitas nessa jurisdição.

O promotor federal Geoffrey S. Berman, do distrito sul de Nova York, onde o terrorista foi julgado, indicou em comunicado que, inspirado no Estado Islâmico (EI) e na Al Qaeda, Rahimi “armou e detonou bombas nas ruas de Chelsea e Nova Jersey para que pudesse matar e mutilar gente inocente”.

De acordo com Berman, a condenação e a sentença “são vitórias para a cidade de Nova York e para a nação na luta contra o terror”.

Na opinião do chefe da polícia de Nova York, James O’Neill, a condenação à prisão perpétua “deve ser um forte freio para futuros atos de terror”.

Fotos

Comentários no Facebook

MAIS LIDAS

junho 4, 2018 às junho 4, 2018 3:20

EUA conseguem apoio na OEA para desconhecer reeleio de Maduro

Pesquisadores da Universidade de Yale, em Connecticut, e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) afirmaram que o número de...

Ler mais
junho 16, 2018 às junho 16, 2018 10:38

Cafetão vence primária republicana para Assembleia de Nevada

Pesquisadores da Universidade de Yale, em Connecticut, e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) afirmaram que o número de...

Ler mais
julho 17, 2018 às julho 17, 2018 3:18

NYT é acusado de homofobia por vídeo sobre Trump e Putin

Pesquisadores da Universidade de Yale, em Connecticut, e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) afirmaram que o número de...

Ler mais
julho 22, 2018 às julho 22, 2018 3:36

Trump acredita ser ilegal conversa gravada secretamente

Pesquisadores da Universidade de Yale, em Connecticut, e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) afirmaram que o número de...

Ler mais

Nossa Rádio USA

Newsletter